quarta-feira, 22 de novembro de 2017

Recredenciamento de Ministros

Venho informar a todos os membros filiados a Convenção Eclesiástica Filhos da Promessa que nos meses de Dezembro e Janeiro estaremos fazendo o recadastramento de nosso corpo eclesial a fim de melhor atuarmos com nossos projetos, parcerias e ações em prol de nossos clérigos e ministros colaborando assim com os demais poderes públicos e privados em prol de uma sociedade mais justa e digna.

Neste re cadastramento está entrando em desuso nossa credencial atual e passando a entrar em vigor o modelo apresentado subsequentemente e toda a CEFIP no que se refere a Ministério Eclesiástico e Serviço de Assistência Religiosa passará a usar este modelo que poderá ser acrescentado de documentação do projeto específico.

Solicitamos encarecidamente aos membros líderes e presidentes de Igrejas e Ministérios associados que mobilizem suas frações a esta ação de cunho interno e externo organizacional.


Estaremos atendendo para o recadastramento através de agendamento: Tel. 21 2664-8569 e 97599-5743 (zap).

Nosso banco de dados compõem-se de muitos Ministros que por mais de três convocações não comparecem a nossas reuniões e isso pode significar o desejo de não mais permanecer em nosso convívio eclesiástico e por isso conto com a apresentação de todos os Ministros ativos.

Em Cristo!

Dom Elias Batista Nogueira - Presidente do Tribunal Eclesiástico 

quinta-feira, 16 de novembro de 2017

Momentos de Nosso Sínodo 2017 - Ordenação e Sagração

Ordenação e Sagração Episcopal

Dom Erick Sabino Barroso e Reverendo Jorge Henrique Teixeira Lopes entram para a história de nossa Ordem ao Receberem a imposição de mãos de nosso Grão Mestre e Patriarca Dom Elias Batista Nogueira.






Momentos do Sínodo 2017 - Titulações da Graça Magistral

Pela primeira vez foi concedido um Título de Grã Cruz com Espada a um Cavaleiro em Nossa Ordem.

Após Dom Elias (Dominus Teodorico Nogueira I) o Cavaleiro de Espada de Nossa Ordem é o Senhor Evandro dos Santos Portilho.

Imagens da Titulação:


Na foto o Cavaleiro Grã Cruz Portilho (ao Centro) já armado de Espada


Recebeu o Título de Comendador o Cavaleiro e Pastor Edson Xavier do Nascimento


E o Título de Dama as Senhoras Danúbia Pereira e Euzamar Nascimento



segunda-feira, 2 de outubro de 2017

Sínodo 2017 - Convocação



Prezados Membros da CEFIP


Na qualidade de Patriarca desta Comunhão, sirvo-me do presente para convocar Vossas Senhorias a participarem do Sínodo Anual a se realizar no próximo dia 15 de novembro do ano em curso 15 de Novembro do corrente ano com inicio as 09:00 hs e término as 17:00 na Rua Alexandre Rangel nº 28 - (Vila Guimarães) Parque da Biquinha / Austin / Nova Iguaçu - RJ; Contato: 21 97395-5699 - Referência - Rua em Frente ao Supermercado Prendas).

Informo ainda que é lícito aos Presidentes de Igrejas filiadas se fazerem representar.

A ausência dos Ministérios Convencionados não os desabriga de aceitarem como tácita concordância aos assuntos que forem tratados e deliberados.

Atenciosamente,

Dom Elias Batista Nogueira
Presidente e Primaz


quinta-feira, 9 de fevereiro de 2017

sexta-feira, 2 de dezembro de 2016

Primeiras Nomeações para 2017

Hoje tive um dia bastante agitado mas graças a deus chegamos a um fim de noite muito tranquilo e abençoado e como o trabalho na para; acabei de fazer a nome ação dos primeiros integrantes da equipe de trabalho da FAETE para o ano de 2017.
Que todos possam ser ricamente abençoados em suas funções e que Deus nos dirija em mais este empreendimento!
No amor de Jesus!


sábado, 5 de novembro de 2016

Sínodo 2016

Atos 02 43E na alma de cada pessoa havia pleno temor, e muitos feitos extraordinários e sinais maravilhosos eram realizados pelos apóstolos.44Todos os que criam estavam unidos e tinham tudo em comum. 45Vendiam suas propriedades e bens, e dividiam o produto entre todos, segundo a necessidade de cada um. …



Para a Glória de Deus e alegria de nossos amados irmãos em cristo queremos informar que estado voltando com as atividades de nosso conselho e teremos muito prazer e alegria em ter nossos Irmãos Bispos Protestantes do Brasil e do Mundo Caminhando conosco e juntos lutando pela independência das Igrejas e de cada Bispo dentro de sua jurisdição porém interligados pela Fé; pelo Amor e pela caridade! 


Juntos somos Grandes e Fortes

segunda-feira, 10 de outubro de 2016

Curso de Oratória

Oratória é a arte de falar em público de forma estruturada e deliberada, com a intenção de informar, influenciar, ou entreter os ouvintes. A oratória refere-se ao conjunto de regras e técnicas adequadas para produzir e apresentar um discurso e apurar as qualidades pessoais do orador.

Na Grécia Antiga, e também para um orador romano, a oratória era estudada como componente da retórica, ou seja, a composição e apresentação de discursos, e era considerada uma importante habilidade na vida pública e privada. Aristóteles, Cícero e Quintiliano estão entre os mais conhecidos autores clássicos que estudaram o tema. A oratória tem sido essencial no catolicismo e na política.

Na oratória, como em qualquer forma de comunicação, existem cinco elementos básicos a considerar, muitas vezes expressos como "quem diz - o quê - a quem - por que meio - com que efeitos?". O propósito de falar em público pode variar, da simples transmissão de informações, à necessidade de motivar as pessoas a agir ou, simplesmente, contar uma história. Os bons oradores devem ser capazes de alterar as emoções dos seus ouvintes e não apenas informá-los.

sexta-feira, 30 de setembro de 2016

Mérito Socializador

Socialização é a assimilação de hábitos característicos do seu grupo social, todo o processo através do qual um indivíduo se torna membro funcional de uma comunidade, assimilando a cultura que lhe é própria. É um processo contínuo que nunca se dá por terminado, realizando-se através da comunicação, sendo inicialmente pela "imitação"para se tornar mais sociável. O processo de socialização inicia-se após o nascimento, e através, primeiramente, da família ou outros agentes próximos da escola, dos meios de comunicação de massas e dos grupos de referência que são compostos pelas nossas bandas favoritas, atores, atletas, super-heróis, etc. A socialização é o processo através do qual o indivíduo se integra no grupo em que nasceu adquirindo os seus hábitos e valores característicos. É através da socialização que o indivíduo pode desenvolver a sua personalidade e ser admitido na sociedade. Em outras palavras, a Socialização é o processo de adquirir conhecimento social, é o processo que transforma o ser humano, de um ser biológico para um ser social.



Por que Kofi Annan

Sétimo secretário-geral da ONU (Organização das Nações Unidas), Kofi Annan estudou na Universidade de Ciência e Tecnologia de Kumasi (Gana, África) e completou o seu bacharelado em economia nos Estados Unidos, em 1961. No ano seguinte, começou a trabalhar para as Nações Unidas como funcionário de Administração e Orçamento da Organização Mundial de Saúde, em Genebra. Nos Estados Unidos, na sede da ONU, passou pelos principais cargos, antes de ser eleito secretário-geral, em 1º de janeiro de 1997, pelos próprios funcionários da entidade. No dia 29 de junho de 2001, por recomendação do Conselho de Segurança, foi reeleito para o cargo.

O seu trabalho em prol da paz mundial foi reconhecido. Em 2001, Kofi Annan dividiu com a própria ONU o Prêmio Nobel da Paz. Com o título, Annan passou a ser o quinto negro a receber a premiação. Antes dele, três dos mais importantes nomes na luta contra o racismo também foram agraciados: Nelson Mandela, em 1993, o bispo Desmond Tutu, em 1984. e o reverendo Martin Luther King, em 1964. O primeiro negro a receber o Nobel da Paz foi Albert John Lutuli, em 1960.

Poliglota, Kofi Annan ganhou destaque internacional em 1990, durante a invasão do Kuwait pelo Iraque. Na época, o então secretário-geral da ONU, Javier Pérez de Cuellar, autorizou a ida de Annan para o Iraque para tentar repatriar mais de 900 funcionários internacionais que estavam ameaçados pela guerra. Além de conseguir o seu objetivo, o político africano também denunciou as precárias condições vividas por 500 mil asiáticos que se encontravam nos dois países. Annan regressou a seu país de origem de 1974 a 1976, período em que assumiu o cargo de diretor da Empresa de Promoção Turística de Gana.

Além de suas funções oficiais, Annan sempre participou de atividades relacionadas à educação, ao desenvolvimento, ao bem estar e à proteção das pessoas. Mesmo com pouco tempo livre, devido às atividades exercidas na ONU, Kofi Annan foi conselheiro de muitos institutos nos Estados Unidos. Também foi por muitos anos presidente da Junta Diretora da Escola Internacional das Nações Unidas de Nova York, e formou parte da Junta de Governadores da Escola Internacional de Genebra, entre 1981 a 1983.

Como funcionário da ONU, Kofi Annan viajou para todos os continentes, sempre defendendo a paz. Nos conflitos internacionais, a sua postura sempre foi a mesma: a busca do diálogo. Kofi Annan também condenou a invasão dos Estados Unidos ao Iraque, ação que derrubou o ex-presidente Saddan Hussein e deixou milhares de mortos de ambos os lados. Apesar de criticar duramente a postura do presidente George W. Bush, o político africano não conseguiu evitar a guerra entre os americanos e os iraquianos.